26 ago, 2019

[RESENHA] Canalhas #2: O Último Dos Canalhas

Oi gente! Hoje vim conversar com vocês sobre o livro O Último dos Canalhas da Loretta Chase que foi lançado a algum tempo aqui no brasil pela Editora Arqueiro.

Vere Mallory vem de uma renomada e extensa linhagem de canalhas ingleses, as gerações e gerações anteriores à dele fizeram se dedicaram a conseguir essa fama, mas os descendentes acabaram ficando mais comportados, exceto por Vere, ele é o último dos canalhas Mallory.

Mas a vida dele não é só devassidão, uma grande parte dela se resume a enterros e funerais já que aparentemente os Mallory não conseguem sobreviver por muito tempo. O livro começa com a morte do duque de Ainswood, o qual era como um irmão para ele e que deixou seus filhos para serem tutelado por Vere.

Charlie, o atual duque de Ainswood, e ele acabam ficando muito próximos, mas uma tragédia acontece e Vere acaba herdando o título, algo que ele simplesmente abomina. Ele nunca esteve interessado no título e herda-lo da maneira que aconteceu deixa o homem revoltado e nem um pouco disposto a lidar com as questões referentes ao seu ducado.

Lydia Grenville é uma mulher pouco ortodoxa, a mãe morreu jovem e o pai a deixou aos cuidados dos tios assim que possível, desta forma ela foi criada por um casal excêntrico que viajava o mundo. Assim que eles morreram ela decidiu segui seu sonho e se tornou uma jornalista cujo foco é tratar das injustiças. É graças ao seu senso inabalável de moral que seus caminhos se cruzam com o duque e ela o nocauteia em frente a uma plateia num bairro de reputação questionável.

Depois de ser tão humilhado por uma mulher, Ainswood decide que precisa devolver o favor, mas enquanto tenta achar uma forma de fazer com que a jornalista solteirona sinta na pele um pouco do constrangimento que lhe causou, o duque começa a ter que lidar com uma atração muito incômoda o toma toda vez que ele encontra Lydia. Como ele vai conseguir se vingar se toda vez que se encontram Vere só pensa em toma-la nos braços?

Eu finalmente tomei vergonha e decidi ler O Último dos Canalhas porque esse livro estava aqui em casa desde que foi lançado e como O Príncipe dos Canalhas (resenha aqui) foi o primeiro romance de época que li na vida e que me fez mergulhar de cabeça nesse gênero, mas acontece que o segundo volume da duologia Canalhas realmente não funcionou não tão bem pra mim.

Durante toda a leitura eu senti que faltava alguma coisa, mas não sei exatamente o que é. A trama é interessante, mas não demais. Os personagens são bem construídos, mas não chegaram a me cativar de maneira que eu realmente torcesse por eles. A grande “aventura” do livro não foi tão emocionante quanto gostaria.

Lydia é uma protagonista forte, decidida e com um senso de justiça muito forte, algo que eu não pude ignorar e gostei nela. Vere é um canalha em mais de um sentido e durante uma boa parte desta leitura me vi detestando o duque de Ainswood com todas as minhas forças. Achei algumas situações entre eles bem forçadas e isso também me incomodou bastante.

Os personagens secundários aqui merecem um destaque porque foram eles que me surpreenderam de fato. A protegida de Lydia é uma mulher muito ousada e inteligente, enquanto o protegido de Ainswood é um personagem que conhecemos no livro anterior e que podemos considerar um tanto quanto obtuso lá em O Príncipe dos Canalhas, porém, aqui ele realmente nos surpreende.

E já que mencionei o livro da Jess e de Lorde Belzebu, gostaria que eles tivessem aparecido mais pois me diverti bastante nas cenas em que o casal estava presente e foi ótimo matar a saudade que sentia dos dois, mas entendo que a participação deles tenha sido limitada já que eles já tiveram a sua história contada.

A capa é bonita, mas honestamente não está entre as melhores da Arqueiro. Sem dúvida uma coisa que me incomoda em todos os meus romances de época da editora é a diagramação onde um capítulo termina e outro começa na mesma folha. Realmente gostaria que eles mudassem isso em um futuro muito próximo.

Acredito que a melhor maneira de descrever essa leitura seja dizendo que foi uma história morna para mim, apesar de ter pontos verdadeiramente positivos eles realmente não me encheram do entusiasmo ao qual estou acostumada quando leio um romance de época.

Título: O Último dos CanalhasSérie: Canalhas Páginas:304
Autora: Loretta Chase|Tradutor: Alves Calado|Editora: Arqueiro|Ano: 215

Jéssica

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

12 Comentários

  • Avatar
    Leitura Enigmática
    setembro 10, 2019

    Essa obra parece ter um enredo intenso e surpreendente, para quem curte o estilo de leitura é um prato cheio. Excelente dica.

  • Avatar
    Lucy
    setembro 09, 2019

    Já li o primeiro livro dessa série e sinceramente não achei tão legal. Tem umas tiradas muito boas, mas não curti. Então acabou que não me interessei pelo segundo livro. Mas se tiver oportunidade, lerei de qualquer forma
    bjs
    Lucy – Por essas páginas

  • Avatar
    Além de uma prateleira
    setembro 04, 2019

    oi Jessie, o primeiro livro que eu li foi um romance de época. E vou te dizer que foi um gênero que me encantou. Mas ultimamente não ando lendo muito sobre, parece que eu enjoei. Estou tentando ler outras coisas para ver se dou uma variada. To curtindo bastante livros que de uma forma geral tem algum assunto mais atual. Que relatam algum tipo de doença. Acho legal de se ler eles, pq sempre aprendemos um pouco mais.

    Mas curti bastante a sua resenha. São poucas as pessoas que são sinceras assim. Beijos

  • Avatar
    Vitória Zavattieri
    setembro 02, 2019

    Ooi,
    Essa é a primeira resenha que leio desse livro que não é completamente positiva. Eu gosto bastante de romances de época e fiquei com medo de me decepcionar com a leitura. Achei importante os pontos que você destacou e acho que por enquanto vou deixar essa leitura passar.

    Beijos

  • Avatar
    Marijleite
    setembro 02, 2019

    Oi, eu li o primeiro livro pouco depois do lançamento, mas até hoje ainda não li o segundo, os personagens são realmente bem interessantes pela sua resenha, pena que faltou algo e a leitura foi apenas morna.

  • Avatar
    Dayhara Ribeiro Martins
    setembro 01, 2019

    Eu senti exatamente a mesma coisa! A história é boa e valeu a leitura, mas não é a melhor história da minha vida nem a mais envolvente, não consegui ter apego pelos personagens e isso pra mim ao menos é primordial, uma pena.

    • Jessie
      Jessie
      setembro 09, 2019

      Ahh que bom saber que me entende Day! Eu fiquei mesmo com essa sensação de que estava faltando alguma coisa. É quase uma história marcante, mas não chega a tanto. Também senti falta dessa conexão.

  • Avatar
    Thayza
    setembro 01, 2019

    Olá!

    Está ai uma resenha que representa meus medos para essa continuação, já não achei Príncipe dos canalhas tudo isso, curti, mas nem tanto e fiquei com preguiça de ler esse segundo livro, na verdade fiquei com preguiça de ler a autora e isso pode ser um erro, mas suas ressalvas me fazem questionar se não estou certa em ler outras autoras antes de tentar novamente ler algo dela. Não descartei a ideia e sigo com o último dos canalhas na minha lista, porém sem previsão de leitura. Adorei sua resenha.

    Beijos
    http://osuficientee.blogspot.com

  • Avatar
    Luna
    setembro 01, 2019

    Olá, Jessie!

    Eu nunca li nada da autora, mas ouço falar tão bem dos livros dela, que fico curiosa. Lamento que este livro não tenha funcionado muito com você, sei bem o que é passar por isso, pois foi o que aconteceu comigo durante a leitura de um romance de época recentemente, e como sou apaixonada pelo gênero, fiquei bem frustrada. 🙁

    Achei a premissa desse livro muito boa e continuo considerando apostar nele e no primeiro livro da série. Fico feliz que tenha gostado da protagonista, eu amo mocinhas determinadas e que lutam por justiça, por isso sei que vou gostar dessa personagem, espero só não ficar muito furiosa com o mocinho.rs

    Bjs!

  • Avatar
    thayenne
    agosto 31, 2019

    Olá,

    Ainda não fiz essa leitura, o que é vergonhoso, visto que adorei o volume anterior. Fiquei um pouco receosa quando falou que não funcionou tão bem, porém gosto muito da escrita da Loretta e acho que vale correr o risco, mesmo que não vá ser o que estou esperando. Realmente, Jess e Belzebu promoveram as melhores e inesquecíveis cenas de comédia.

    beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

  • Avatar
    Jessica Oliveira
    agosto 29, 2019

    No geral eu gostei muito de ler O Último dos Canalhas, mas na segunda parte ele acaba se tornando um pouco cansativo e um tanto confuso. Mas mesmo assim, Loretta consegue criar personagens simpáticos e cativantes, sem falar que suas histórias são extremamente divertidas. Vere e Lydia, apesar de serem completamente opostos, têm uma química tão forte que me encantou. Uma pena que para você a leitura não foi tão boa.

    Beijos,

    Books and Movies
    http://www.booksandmovies.com.br/

  • Avatar
    Carolina Trigo
    agosto 28, 2019

    Oi, Jessie!
    Eu conheço essa série de nome, mas por não gostar muito do gênero, nunca me interessei pelos livros (seja dessa autora ou das outras).
    Me incomoda um pouco o titulo dos livros dessa série. Quando penso em um ser canalha, sempre imagino uma pessoa bem ruim e não consigo colocar na pessoa que uma mulher possa se apaixonar por um cara tão idiota como eu imagino, rsrs. Para mim, passa uma impressão ruim.
    Bjss