23 set, 2019

[RESENHA] Girl Meets Duke #1: Um Casamento Conveniente

Oi meus amores! Hoje eu vim conversar com vocês (ou pelo menos tentar) sobre o livro Um Casamento Conveniente, primeiro volume da série Girl Meets Duke, da Tessa Dare lançado recentemente pela Editora Gutenberg e  que já adianto é nada mais nada menos que o melhor livro que li este ano e meu romance de época favorito.

Emma Gladstone é uma jovem costureira de vinte e dois anos que se encontra em uma situação bem desagradável: depois de passar meses costurando um vestido de noiva cheio dos mais diversos detalhes (nem todos bonitos, ela admite) o casamento acabou sendo cancelado e ela se viu com dívidas a pagar e uma noiva relutante, para dizer o mínimo, em cumprir o acordo. Emma então decide tomar a única atitude razoável naquela situação, ela decide cobrar do noivo.

Ferido na Batalha de Waterloo, o Duque de Ashburry, vive recluso desde então. É um homem amargurado e cínico que espezinha todos que estão à sua volta porque, aparentemente, seu maior prazer é tornar infeliz aqueles que o cercam, mas com o noivado recentemente desfeito eis que Ash se encontra com um problema nas mãos: ele precisa de uma noiva para dar sequência à sua linhagem (já que de jeito nenhum o duque irá permitir que o título e todas as responsabilidades caiam na mão de seu primo imbecil).

Tudo que ele precisa é de uma mulher, em idade propícia, saudável que possa gerar seu herdeiro, esta jovem precisa estar desesperada o bastante para aceitar se casar com alguém como ele. São os requisitos que bastam então, quando seu mordomo Kham, anuncia que uma mulher vestida de noiva solicita uma audiência com o duque, Ash não consegue negar, já que ele fica imediatamente curioso.

O desenrolar da situação não é nada como Emma esperava, ela foi ao Duque de Ashburry requerir que este pagasse a dívida da ex-noiva e saiu de lá com a proposta de casamento, tudo bem que seria um casamento de conveniência, ele daria o título e a riqueza a Emma e ela lhe proveria um herdeiro. Tudo parecia absolutamente surreal, era óbvio que o homem não falava a sério, um duque jamais se casaria com uma costureira.

Ao perceber que Ash falava a sério e que o título e o acordo poderiam ser a forma que Emma conseguiria para ajudar uma pessoa muito querida, a jovem decide aceitar. Todos os termos entre os dois estão acertados, as precauções foram tomadas para que nenhum deles desenvolvam sentimentos, mas a convivência é um fator poderoso e cada vez que eles vislumbram uma parte diferente um do outro, manter os sentimentos fora da relação torna-se cada vez mais difícil.

Eu nem sei como estou conseguindo escrever esta resenha porque toda vez que amo verdadeiramente uma história acho dificílimo falar sobre ela e com toda certeza este é o caso. Os personagens principais e secundários, o enredo e a ambientação são absolutamente perfeitos aqui, mas é a maestria com que Tessa Dare conduziu essa trama que realmente faz dela algo tão memorável.

Comecemos a falar sobre Emma, a jovem possui alguns segredos em seu passado sobre o qual só nos é permitido imaginar no começo do livro, mas fica claro que ela já depositou mais de uma vez a confiança em homens errados e foi extremamente machucada por conta disso então, um casamento de conveniência é um acordo ideal para ela. Ao mesmo tempo a jovem não consegue simplesmente deixar de lado o seu enorme coração que cisma em ver o lado bom das pessoas e eu amo personagens assim, que amadurecem por conta dos erros cometidos, mas ao mesmo tempo mantêm sua essência.

Ash é o exato oposto, ele vive amargurado e cínico, infeliz e desiludido ele continua vivo por pura obstinação. O personagem tem uma história tão trágica que foi impossível não sentir vontade quase que imediata de entrar nas páginas deste livro e dar um abraço nele e dizer que no final ele seria feliz. Sem dúvida todo o background que a Tessa criou faz com que, mesmo se em algum ponto você não gostar dele, no fim você termina apaixonada por Ahsburry.

As interações entre eles são absolutamente divertidas o que traz para a narrativa um tom bastante leve e contrasta com as cenas dos passados de ambos dando a leitura uma característica bem peculiar: se em um parágrafo você pode muito bem estar rindo, no seguinte nada lhe garante que não estará com o coração apertado. E isso é absolutamente incrível.

A arte da capa é de um bom gosto ímpar. Se você comparar com a de The Duchess Deal (nome do livro no original) vai ver que esta não é feia, mas a da Gutenberg realmente é muito superior. A diagramação é delicada e consegue capturar bem toda a aura desta história. Como sempre o trabalho da Gut está impecável na tradução e revisão do livro, nenhuma surpresa até aqui.

Como todo bom livro, os personagens secundários são muito bem trabalhados e isso foi o fator decisivo para que eu me sentisse tão irrevogavelmente apaixonada por esta obra. E como todo bom romance, aqui também temos uma víbora a quem detestar (algo bastante essencial, na minha humilde opinião) e, acredite em mim, você vai odiar este personagem com todas as suas forças. 

É impossível não mencionar que, para mim, ficou muito claro que a Tessa se inspirou em A Bela e a Fera para criar esta história. Há cenas que para mim fazem clara alusão ao filme da Disney, bem como a própria construção dos personagens, mas acho que talvez ela também possa ter se inspirado em O Fantasma da Ópera para construir um a personalidade e aparência do Duque de Ahsburry.

Com toda certeza eu ansiosíssima para ler o segundo volume dessa série, The Governess Game, que se não for lançado muito em breve pela linda e maravilhosa Gutenberg vou acabar comprando o ebook em inglês mesmo porque definitivamente preciso saber quem é o homem com quem Alex, uma das amigas de Emma e protagonista do próximo volume, trombou na livraria e como eles vão se encontrar e apaixonar.

 

Título: Um Casamento Conveniente| Série: Girl Meets Duke | Páginas: 256
Autora: Tessa Dare|TradutoraA. C. Reis | Editora: Gutenberg | Ano: 2019

Jéssica

Tags: ,

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

13 Comentários

  • Avatar
    Grazielli
    outubro 07, 2019

    Oie amore,

    Os livros da Tessa são sempre bem comentados, isso gera curiosidade na leitura.
    Poxa imagine um casamento desmarcado, ai meu core.
    Vi que realmente gostou do livro, deu até mais empolgação em ler.
    Gostei dessa coisa dela se inspirar em a Bela e a Fera, já anotada a dica!

    Beijokas!

  • Avatar
    Milena
    outubro 06, 2019

    Nossa, parece ser uma leitura sensacional!
    Já estava “namorando” esse exemplar, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha a respeito dele. Mas depois de ler a sua, com certeza é um livro que vou procurar e ler o mais depressa possível. Só de pensar que ela se inspirou em A Bela e a Fera, já fico morrendo de amores!

  • Avatar
    Thayza
    outubro 06, 2019

    Olá!

    Terminei a resenha pensando “já quero” o enredo parece incrível e super envolvente. Assim como você adoro personagens que amadurecem, mas não perdem sua essência. A capa é realmente linda, as edições da editora geralmente não decepcionam e são bem caprichadas. Adorei a indicação e já adicionei o livro na lista de leitura, assim que terminar a meta do ano pretendo realizar a leitura.

    Beijos

  • Avatar
    simeia
    outubro 06, 2019

    É sempre a mesma coisa, mas é um clichê muito bom quando a autora consegue montar um pano de fundo maravilhoso, com personagens cativantes também. Só de você citar a ideia da história do meu casal favorito da Disney, A Bela e a Fera , já fiquei curiosa pra conhecer essa história e ver se ficarei apaixonada também.

  • Avatar
    Júlio César
    outubro 02, 2019

    Caramba que situação!! 😮
    Imagino oq se passa na cabeça da Emma que só queria o pagamento do vestido, bastante inusitada a situação. romances de época não são o meu forte em leituras mas curti a premissa desse!!

  • Avatar
    Camila - Leitora Compulsiva
    outubro 02, 2019

    Oi, Jéssica.
    Esse livro é sensacional mesmo! Há tempos eu não ria tanto com um romance de época.
    Me diz o que é aquela cena do vestido, logo no começo?! Eu não conseguia parar de imaginar como devia ser ridículo!! Rs…
    Ah, o segundo livro sai agora em outubro!! Se aquieta aí!! Rs…
    beijos
    Camis

    • Jéssica
      Jéssica
      outubro 02, 2019

      Oi Camis!

      Aquela cena do início é mesmo incrível viu! Eu realmente ri horrores também imaginando como o vestido devia ser bizarro!
      Eu vi esses dias que o próximo volume sai esse mês quando estava fazendo o post de lançamentos, nem posso dizer como fiquei feliz com isso!

      Beijinhos

  • Avatar
    Koldney
    setembro 30, 2019

    Amoooor <3
    Que delícia de livro, não é mesmo? Você sabe que meu conhecimento em romances de época é basicamente nenhum, então eu sempre fico esperando por indicações de boas leituras. Depois dessa resenha esse vai pra lista dos desejados com certeza.
    Adorei saber que os personagens são bem construídos (até mesmo os secundários <3), pra mim também é algo decisivo na hora de avaliar uma leitura. E eu também acho essa capa incrível. Muito do que me afasta de alguns romances é a capa, mas não é esse o caso.
    Já quero a resenha do próximo livro da série 🙂
    Beeeeijos.

    • Jéssica
      Jéssica
      setembro 30, 2019

      Amooooooor ♥

      Ahhh que ótimo saber que ele vai pra sua lista de desejados e eu acho, de verdade, que você tem que ler logo! Sua cara gostar dos personagens secundários desse livro, prevejo uma história inteira sendo montada para o mordomo kkkkkkk

  • Avatar
    Diane Ramos
    setembro 29, 2019

    Olá…
    Adorei sua resenha!
    Assim como você, toda vez que amo demais uma leitura não consigo passar tudo que senti para a resenha kkkk… Mas, você demostrou muito bem seu amor pelos livros, tanto que estou aqui roendo as unhas de curiosidade sobre esse livro!
    Achei o enredo muito interessante e já vou anotá-lo na lista de desejados.
    Bjo

    • Jéssica
      Jéssica
      setembro 30, 2019

      Oi Diane!

      Ahh que bom que deu pra passar o que senti para resenha e principalmente que ficou curiosa para ler! Tomara que consiga realizar a leitura em breve e que ame tanto quanto eu!

  • Avatar
    Luna
    setembro 26, 2019

    Sua resenha me deixou louca por este livro! Apesar de perdidamente apaixonada por romances de época, ainda não tive a oportunidade de conhecer os livros da Tessa Dare. Vejo muita gente falar super bem de suas histórias, mas ainda não tive a chance de adquirir algum dos livros, infelizmente.

    Amo personagens “quebrados”, então já imagino que vou me apaixonar pelo mocinho. E a garra da mocinha, sua determinação em conseguir o melhor de cada situação e a forma como ela não permite que o passado a impeça de seguir em frente, já me causa admiração. Vou torcer muito por este casal!

    A Bela e a Fera e O Fantasma da Ópera (um dos meus livros preferidos da vida!) possuem a mesma essência, a mesma base e eu só percebi isso depois que li o livro. Claro que a história do fantasma toma um rumo diferente, mas enquanto eu lia lembrava demais de A Bela e a Fera.

    Bjs!

    • Jéssica
      Jéssica
      setembro 28, 2019

      Oi Luna!

      Ai meu Deus eu fiquei tão comovida aqui com seu comentário! Fico feliz que a resenha tenha te deixado com vontade de ler o livro e eu espero que consiga conhecer a história o quanto antes e, o mais importante, que você gosta tanto quanto eu ♥

      Beijinhos