31 jan, 2020

[SÉRIE] Coisa Mais Linda – Season 1

Oi seus lindos, como é que vocês estão? Já tem um tempinho que não apareço por aqui para falar sobre produções nacionais, e hoje eu vim falar de um dos maiores amores da minha vida, da série que deixou extremamente orgulhosa das nossas produções, e que Tia Netflix fez com maestria: Coisa Mais Linda. Então bora conferir o que me deixou tão apaixonada.

Maria Luiza é uma mulher que vive na grande São Paulo da década de 50, totalmente conservadora, e por consequência, altamente dependente dos dois homens da sua vida: Ademar, seu rigoroso pai, e Pedro, seu marido. Mas a vida de Maria muda completamente quando Pedro viaja para o Rio de Janeiro em busca da realização de um sonho dos dois (montar um restaurante), e acaba desaparecendo.

Assim ela não vê outra alternativa, a não ser deixar seu filho aos cuidados de seus pais e ir para o Rio de Janeiro seguir os rastros do marido para descobrir o que aconteceu. Ao chegar na cidade maravilhosa, Maria Luiza acaba descobrindo muito mais do que esperava, e na companhia de incríveis mulheres feministas e ao som da Bossa Nova, ela acaba por transformar o que era para ser um sofisticado restaurante, em uma casa noturna.

Gente eu não sei nem o que dizer sobre Coisa Mais Linda tamanha a perfeição desse enredo. Não só no mundo criado para ela, a história e a caracterização de cada personagem. A série traz uma visão dura de como era a vida das mulheres naquela época, presas aos padrões tradicionais, mas em busca de uma liberdade que as vezes (como no caso da Maria Luiza) elas sequer sabiam que precisavam.

Vou falar primeiro do enredo, que de início pensei que seria uma busca incansável pelo marido perdido, mas eu estava (ainda bem!) muito errada, porque na verdade o contexto geral da série é sobre a emancipação feminina, sobre mulheres que naquela época precisavam lutar contra tudo e contra todos para se firmarem nos espaços que queriam e para mostrarem seu valor. Assim, o centro da série é sobre quatro amigas: Maria Luiza, Ligia, Thereza e Adélia, e juntas elas irão mostrar ao mundo a que vieram.

É preciso falar da história desta amizade: o epicentro dela é a Malu, porque ela é amiga de infância da Ligia, que por sua vez a apresentou para Thereza, quando as coisas não se saem tão bem no Rio e ela precisa resolver o que fazer da própria vida. A Adélia aparece na vida da Maria Luiza quando ela passa por um momento difícil em sua chegada ao Rio, e a adversidade acaba fazendo da madame paulista e da empregada doméstica carioca grandes amigas. Malu por sua vez apresenta Adélia para Ligia e Thereza, e as quatro começam a fazer grandes mudanças nas vidas umas das outras.

Todas as personagens tem suas histórias centrais e isto torna a série muito mais interessante porque mostra que mesmo com todas as dificuldades que todas elas tem, e são muitas para todas as quatro, porque afinal de contas são mulheres, três delas casadas, duas delas com filhos pequenos, em uma época de machismo descarado, que buscam sua emancipação da realidade na qual estão inseridas, elas conseguem seguir com seus objetivos, e mesmo com alguns abalos, como toda relação humana tem, elas seguem com uma linda amizade.

Eu amei a ambientação, a sensação que dá é de que realmente estamos vivendo naquela época, imersos no momento de expansão da Bossa Nova, e isso é realmente muito envolvente. Outro ponto que merece destaque para mim são as atuações, que foram impecáveis, e em momento algum foi possível imaginar que os atores fossem outra coisa que não aqueles personagens mesmo, tamanha foi a entrega deles.

A segunda temporada já foi confirmada pela Netflix e eu espero que saia o mais rápido possível! Porque o final da primeira foi desesperador, me deixou no chão e completamente louca para saber o que realmente aconteceu no momento final e como as coisas vão se desenrolar a partir dali, porque gente, é um final completamente desestruturador, que deixa a gente no chão e, obviamente, extremamente ansiosos para a próxima temporada.

Avatar

Tags:

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

14 Comentários

  • Avatar

    Olá Aninha!!!
    Eu já tinha ouvido falar sobre a série, mas nada que havia chamado minha atenção de fato para a mesma e acho que o ponto alto foi que acabei agora querendo colocar na minha lista para ver.
    Não sou fã tanto mais das nossas séries, porque acho que em certo ponto as mesmas foram se perdendo mas agora fiquei bastante curiosa e quero assistir.
    Adorei a dica!!!

    lereliterario.blogspot.com

  • Avatar
    Thayza Fonseca
    fevereiro 11, 2020

    olá!
    Eu sou completamente a apaixonada por esse série, todos os assuntos levantados, o tom da narrativa, o foco na força da união feminina e a musicalidade tão presente. O final da primeira temporada me deixou doida, não vejo a hora de anunciarem a data de estreia da continuação. Sua dica vale ouro.

    Beijão

  • Avatar
    Carol Nery
    fevereiro 07, 2020

    Eu realmente só ouvi falar bem dessa série desde sua estreia. Apesar de ainda não ter encontrado tempo para encaixá-la aqui na minha vida. Além do tema, é tudo tão lindo, né? A fotografia, os sorrisos, as vestimentas… Apaixonante.
    Espero ainda conseguir assistir e me deslumbrar com todos vocês que já viram.
    Beijão

    Carol, do Coisas de Mineira

  • Avatar
    CRIS
    fevereiro 06, 2020

    Oi Aninha!
    Ainda não assisti essa série, me chamou a atenção a luta dessas amigas para ter seu lugar, com grande expectativa de conseguir sua independência e lutar pelo empoderamento nessa história. Parabéns pela resenha, estou curiosa para assistir essa série mas acho que vou esperar sair a segunda temporada, para não ficar desestruturada como você kkk. Bjs!

  • Avatar
    Koldney
    fevereiro 05, 2020

    Oiê, coisa linda.
    Então, eu sempre tive curiosidade de ver essa série, principalmente por ver algumas tirinhas no insta, mas eu não sei porque, a minha impressão é que a série só retrataria essas mulheres a procura de macho. Muito bom saber que estou enganado.
    Gosto bastante de histórias que retratam a realidade difícil de ser mulher, mas que elas não se deixam abalar e são bem afrontosas (imagino que a Fê Vasconcellos e a Maria Casadevall fizeram ótimos trabalhos). Aliás, fiquei curioso para conhecer a trilha sonora. Com esse momento de expansão da bossa nova eu já imagino que deva ser espetacular.
    Enfim, não tenho mais porque procrastinar, preciso ver a série.
    Beeijos.

  • Avatar
    Rayanni kellsin
    fevereiro 04, 2020

    Olá, tudo bem? Essa série é a minha vida, que série mais maravilhosa né? Mostrando o emponderamento feminino numa época extremamente machista!
    Além, claro, de ter atrizes maravilhosas interpretando papéis sensacionais!
    Um beijo.

    • Avatar
      Aninha
      fevereiro 04, 2020

      É exatamente isto! Ela é perfeita demais e o elenco esta incrível <3

  • Avatar
    Carolina Trigo
    fevereiro 03, 2020

    Oi, Aninha!
    Eu amo essa série de paixão. Achei tudo muito bem trabalhado durante a história: o enredo, a época na qual passa, a trilha sonora, os personagens e os atores que interpretaram, a união feminina, as discussões trazidas, como por exemplo, a questão do racismo. Tudo!
    E o que foi aquele final? Quero logo a segunda temporada para saber o que aconteceu.
    Ótimo texto!
    Bjss

    • Avatar
      Aninha
      fevereiro 04, 2020

      Obrigada <3 Menina esse final me atormenta toda vez que penso nele kkkkkkk estou mais do que ansiosa pela 2 temporada.

  • Avatar
    Diane Ramos
    fevereiro 02, 2020

    Olá…
    Não costumo muito assistir séries, mas, ultimamente ando vendo comentários sobre algumas que realmente dá vontade de acompanhar! Adoro assistir coisas nacionais, portanto, COISA MAIS LINDA foi uma série que me chamou a atenção e pretendo assistir.
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    • Avatar
      Aninha
      fevereiro 04, 2020

      Assista, tenho certeza de que irá adorar <3

  • Avatar
    Giovana
    fevereiro 01, 2020

    Oii, tudo bem?
    Eu terminei de assistir essa série semana passada e ese tornou uma das minhas favoritas, o figurino é maravilho, assim como a trilha sonora e o cenario. Sem falar no emponderamento feminino em uma decada dominada por homens. Espero que a Netflix lance a segunda temporada o quanto antes.

    • Avatar
      Aninha
      fevereiro 04, 2020

      Eu estou contando os dias para a próxima temporada kkkkkk

  • Avatar
    Helana Ohara
    janeiro 31, 2020

    Oi Aninha, amei demais essa série. Ela explorar assuntos que ainda são tabus na sociedade. Independência feminina, A submissão. Amizade delas …
    E uma série brasileira, não vejo a hora da segunda temporada.