03 abr, 2020

[RESENHA] A Passa Espelhos #1: Os Noivos do Inverno

Oi seus lindos! Hoje vim conversar com vocês sobre este livro que abalou todas as minhas estruturas, e me deixou no chão como a muito tempo uma fantasia não deixa. Então bora falar um pouquinho sobre Os Noivos do Inverno, primeiro livro da série A Passa Espelhos, e lançado por aqui pela maravilhosa Editora Morro Branco, esta história maravilhosa, que eu já falei com vocês lá no instagram do blog (vocês podem conferir AQUI), mas como o espaço para eu falar tudo lá é pouco, eu vim aqui contar de forma mais detalhada as coisas que mais me impactaram neste livro maravilhoso.

Ophélie vive na tranquila arca de Anima, e é uma garota tão honesta quanto cabeça dura, e que não se importa com sua aparência, o que torna possível que ela passe desapercebida na maioria dos lugares, mas o que poucas pessoas sabem, é que por baixo do cachecol velho e dos óculos ela esconde poderes incríveis que a possibilitam ler o passado dos objetos e atravessar espelhos.

Mas a paz que Ophélie tem em sua arca se finda quando ela é prometida em casamento a Thorn, e alto e frio herdeiro de um clã pertencente a outra arca chamada Polo, e precisa acompanhar seu noivo até a Cidade Celeste, capital do Polo, e um lugar repleto de intrigas e artimanhas políticas e onde ela não poderá confiar em ninguém.

Tem mais resenha de fantasia maravilhosa aqui no site:

  • Confiram também a resenha de Filhos de Sangue e Osso.

Gente QUE HISTÓRIA!!! O mundo criado para a série A Passa Espelhos é completamente envolvente e bem estruturado, cada elemento do plano de fundo da história é bem delimitado e real, tão real que foi muito fácil perceber e enxergar cada detalhe do mundo, até mesmo aqueles que não existem no mundo real.

Os personagens são fortes e muito bem construídos, os principais e também os secundários. Vou falar primeiro dos personagens secundários, que são encantadores, até mesmo os que são odiosos e irritantes kkkkk. Tem alguns personagens em especifico que eu queria muito que sofressem dolorosamente por serem muito irritantes: a irmã e a Tia do Thorn e uma determinada criança que vive na Cidade Celeste (inclusive estou ansiosa para saber o que realmente está criança significa para a história).

Eu quero muito saber sobre os espíritos familiares, principalmente mais sobre o do Polo, porque ele é um “deus” se é que posso chamar ele assim, que é o cumulo do egoísmo e imaturidade, mas também queria saber mais sobre o espirito familiar de Anima, porque ela parece ser uma mulher muito mais centrada e que ainda assim possui algum tipo de ligação com o irmão (o espirito do Polo) que traz um mistério para a trama, porque de alguma forma acredito que ambos possuem algo que irá responder como o mundo deles foi formado e como cada arca se ligou a um determinado espirito familiar.

E assim vamos para Ophélie e Thorn, ela é uma mulher forte, embora no início do livro não acredite ser, mas acredito mais que era porque a vida dela em Anima era muito diferente e ela estava tão acostumada a ser a “prima que trabalha no museu” que simplesmente não se dava conta de quão forte e corajosa ela é, e eu realmente gostei da mulher que ela começou a se tornar no Polo. O Thorn é um personagem que ainda permanece um enigma, ele é um bloco de gelo gigante, basicamente, embora eu acredite que ele seja um personagem profundo e com algumas nuances que nós não percebemos ainda, mas que ele começou a demonstrar no decorrer deste livro, e que eu acredito que nos próximos volumes descobriremos quem ele realmente é.

Eu já posso ver o romance surgindo e acredito que será trabalhado de forma mais direta no resto da série, mas de fato amei duas coisas sobre ele: não é instantâneo e não é o foco. É um dos elementos que tornam a história envolvente, mas o foco são as descobertas que Ophélie e Thorn irão fazer.

A trama nos leva a lugares inesperados com um enredo absolutamente genial e muito inovador. Eu acredito que nunca li nada tão único, o mundo criado conversa de forma plena com o enredo (e sabemos que as vezes não ocorre tão bem assim kkkk), as acima de tudo a autora vai apresentando neste livro os elementos que irão embasar a série inteira, e apresenta situações que eu não conseguia nem imaginar.

Foi impossível parar de ler, porque há sempre um novo acontecimento que precisa de atenção e obviamente, precisa ser descoberto, as reviravoltas são muito grandes e a cada passo que Ophélie dá na arca uma intriga diferente que se apresenta. Há intrigas políticas, de poder, sociais e julgo dizer, até mesmo amorosas, então a gente chega em um determinado ponto desesperado para poder saber o que vai acontecer, principalmente com o final do livro.

A edição da Morro Branco está PERFEITA! A capa maravilhosa, uma diagramação linda, fonte confortável e folhas amareladas e o principal: não encontrei erros de revisão. Eu admirei muito está edição, porque ela está literalmente sem defeitos, e eu observei um elemento muito interessante, que eu nunca reparei em nenhuma outra obra: todo o processo de Os Noivos do Inverno foi realizado por mulheres, desde a capa, revisão, edição, diagramação, tradução, tudo o que está listado como parte da elaboração da edição brasileira foi realizado por mulheres.

É um história instigante e envolvente, que me deixou desesperada pelas continuações e com 800 teorias na cabeça por causa da forma como tudo terminou e como alguns personagens foram surgindo e interagindo. Espero vir em breve contar para vocês sobre o segundo volume.

Título: Os Noivos do InvernoSérie: A Passa Espelhos Páginas: 412| Autor(a): Christelle Dabos 
Tradutor(a): Sofia Soter Editora: Morro Branco| Ano: 2018

Avatar

Tags:

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

12 Comentários

  • Avatar

    Oi Aninha, tudo bem?
    Olha que proposta da hora essa! Gostei muito desse novo mundo fantasioso e sem dúvida quero dar uma chance a essa leitura. Ainda mais porque a descrição dos personagens atraiu MUITO a minha atenção e olha que não sou de me impressionar fácil.
    Um beijo de fogo e gelo da Lady Trotsky…
    http://www.osvampirosportenhos.com.br

    • Avatar
      Aninha
      abril 22, 2020

      Essa história é MARAVILHOSA DEMAIS e os personagens são incríveis mesmo <3

  • Avatar
    Júlio
    abril 13, 2020

    Caramba gostei demais da sua indicação!!! O mundo dessa série parece ser fantástico de tão bem construído, os poderes da protagonista também me atraíram kkkkk, dica anotadíssima!! Parabéns pela resenha!!

  • Avatar
    cris
    abril 13, 2020

    Oi Aninha!
    Parabéns pela resenha bem completinha me deixando curiosa para saber mais do enredo e dos personagens, me intrigou a Ophélie e seu dom, adoro quando a personagem surpreende e nos intriga. Obrigado pela dica, vou deixar anotado aqui o livro. Bjs!

  • Avatar
    Ana Caroline Santos
    abril 11, 2020

    Olá, tudo bem? AH eu quero muito ler essa duologia. Morro Branco vem arrasando trazendo histórias únicas, e tenho interesse nele desde seu lançamento. Sua resenha me deixou mais animada ainda, e espero encontrar uma boa história. Dica anotada!
    Beijos

  • Avatar
    Rayanni Kellsin
    abril 10, 2020

    Olá, tudo bem? Parece mesmo ser um livro incrível pelas suas considerações, confesso que o livro não tinha despertado o meu interesse até então, mas gostei muito da sua resenha e vou procurar para ler com toda a certeza.
    Um beijo.

  • Avatar
    Luiza Helena Vieira
    abril 09, 2020

    Ai eu amo tanto essa série!!! Esse primeiro livro foi bom, mas o segundo é maravilhoso! Estou super ansiosa pelo terceiro, ainda mais depois daquele final
    Beijos
    Balaio de Babados

  • Avatar
    Ivi Campos
    abril 09, 2020

    Sempre vejo esta capa por aí acompanhada de muitos elogios, mas confesso que não consigo me interessar muito pelo enredo e ao mesmo tempo, tenho a sensação que estou perdendo algo grandioso. Preciso ler!!!
    Beijos

  • Avatar
    Ytalo Silva
    abril 08, 2020

    Achei o começo de “Os Noivos do Inverno” arrastado, mas vai valendo a pena. É uma fantasia deliciosa com um mundo bem construído. É interesse e misterioso. Que bom que gostou!

    • Avatar
      Aninha
      abril 08, 2020

      Eu até não achei arrastado não, o inicio é muito detalhado porque é um mundo completamente novo né? Então é realmente necessário que tenha um pouco mais de detalhe, porque se não a gente fica muito perdido.

  • Avatar
    Larissa Dutra
    abril 08, 2020

    Olá, tudo bem? Ahhh, eu acho os livros dessa editora lindos, mas ainda não tive a oportunidade de ler nenhum. Não conhecia esse ainda, mas pelo o que tu disse parece ser uma leitura bem diferente e interessante. Adorei a resenha e fiquei curiosa para ler!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    • Avatar
      Aninha
      abril 08, 2020

      Os livros dela são perfeitos mesmo, as edições são impecáveis!