11 jun, 2020

[ESPECIAL] 7 Filmes Para Assistir No Dias Dos Namorados

Oi meus amores! Eu sei que tô um tantinho sumida daqui, mas hoje vim trazer uma listinha linda de filmes para vocês assistirem no dia dos namorados (sozinhas ou com @ de vocês! Então vem aqui conferir as minhas dicas, tudo sem spoiler como sempre!

Eu não sei vocês, mas eu não posso ver um romance água com açúcar e cheio de clichês que já quero assistir! Ricos de Amor é uma história bem fofa. Teto (Danilo Mesquita) é um cara rico e sem um pingo de responsabilidade. Já Paula (Giovanna Lancellotti) é extremamente responsável e está focada em conseguir a vaga de residente no hospital. Quando se conhecem, Teto realmente percebe que nunca soube se as garotas com quem saíam gostavam dele o do seu dinheiro e é então que ele finge ser o filho do caseiro e troca de identidade com seu melhor amigo, que não tem um tostão furado!

O filme é um clichê adorável, apesar de não gostar desse tipo de abordagem em geral, me vi completamente rendida. A atuação tanto da Giovanna quanto do Danilo estão muito boas e o filme rende várias risadas. 

Uma dica completamente diferente da anterior, En Brazos de un Asesino (Nos braços de um assassino) uma obra cheia de ação. Daquelas que voam sangue para todo lado, mas que também tem um romance envolvido.

O filme é baseado no livro A morte de Sarai, lançado a alguns anos aqui no Brasil pela editora Paralela (clique aqui para ver a resenha no canal) e conta da história de Sarai (Alicia Sanz), uma jovem que entregue ainda muito jovem pela própria mãe a um traficante de drogas do México. A vida dela se cruza com a de Victor Fausti (William Levy) quando ele é contratado por Javier para matar um inimigo. Ela enxerga em Victor uma oportunidade de fugir daquela vida, mas as coisas se tornam mais complicadas do que ela imagina.

Essa adaptação ficou MA-RA-VI-LHO-SA e eu recomendo mesmo que todos vocês assistam. O William Levy está um pecado nesse filme e manda muito bem nas cenas de ação! Alicia Sanz está incrível, nunca tinha visto nada com ela e adorei a mulher!

Se o seu objetivo for chorar, eu recomendo que não perca tempo e corra para assistir Por Lugares Incríveis!

A adaptação do livro homônimo conta a história Violet Markey (Elle Fanning) e Theodore Finch (Justice Smith). A vida deles muda completamente depois que os dois se conhecem e o relacionamento que surge entre eles é incrível, os dois passam a se ajudar e a se apoiarem tentando superar questões de seus respectivos passados.

Essa é uma daquelas histórias que quando você começa a ver sabe que vai terminar com o coração partido e suspirando, entendem? Eu me apaixonei pelo menos uma centena de vezes pelo Justice Smith durante esse filme!

É claro que eu não ia deixar de trazer dicas de romance LGBTQIA+, afinal estamos no Pride Month e representatividade importa sim!

O filme Hoje Quero Voltar Sozinho diferente dos outros da filmes desta lista faz parte do cinema nacional não foi lançado esse ano, na verdade é de 2014, mas é uma obra linda que merece ser assistida.

Leonardo (Guilherme Lobo) é um garoto cego que procura ter independência apesar de ter uma mãe super protetora. Quando ele conhece Gabriel, um aluno que chegou recém transferido ao colégio, novos sentimentos novos começam a surgir e Leonardo precisa aprender a lidar com isso.

Eu nem sei explicar o quanto sou completamente apaixonada por essa história, então se você não a conhece ainda, tire um tempinho para assistir. O filme trata a descoberta desses sentimentos do personagem e os conflitos dos personagens de uma maneira tão bonita e sensível que é impossível chegar ao final dele sem um sentimento bom dentro do coração.

Também baseado em uma obra literária, O Mau Exemplo de Cameron Post é uma obra que fala sobre algumas questões muito importantes sobre sexualidade. 

Cameron (Chloë Grace Moretz) é uma adolescente lésbica nos anos de 1993 e é obrigada a passar por uma terapia de conversão homossexual (a famosa cura gay!) depois de ser flagrada com outra garota. Nesse processo difícil e doloroso ela encontra pessoas que a ajudam a tornar a experiência menos insuportável.

O filme retrata uma realidade que pessoas heterossexuais jamais vão compreender: o sentimento de que você nasceu diferente, que se apaixonar pelas pessoas que se apaixona é errado. O filme, assim como o livro, tem uma proposta muito diferente da maioria das obras LGBTQIA+ que costumo ler ou assistir.

O Inferno de Gabriel é mais uma adaptação que acabou de ser lançada pela Passionflix, um serviço de streaming que se propõe a adaptar livros.

O livro acompanha Julia Mitchell (Melanie Zanetti) uma jovem mulher bastante insegura por causa de seu passado que acabou de começar o mestrado em Toronto, seu objetivo é se tornar uma especialista em Dante. O responsável por ministrar o curso que ela faz é o professor Gabriel Emerson (Giulio Berruti), um homem atormentado pelo passado e com quem Julia tem um passado.

Confesso que não sei bem o motivo de ter colocado esse filme na lista, mas acredito que como muita gente curtiu a pegada do livro vai gostar também do filme. Eu tenho alguns problemas com a atuação dos dois atores (para mim faltou química!) e a qualidade da direção e filmagem não são das melhores, mas o filme é absolutamente fiel ao livro. Ele foi dividido em três partes (a próxima sai no próximo mês), então tenha isso em mente se decidir assistir.

Muito provavelmente o filme mais erótico desta lista, 365 DNI (365 Dias) foi disponibilizado muito recentemente pela Netflix e todo mundo só tem falado nisso.

Laura (Anna Maria Sieklucka) é uma mulher muito segura de si e da sua sexualidade, mas está presa em um relacionamento sem amor. Na véspera do seu aniversário de 29 anos ela decide viajar junto com o namorado e um casal de amigos para a Sicília, lá ela conhece Massimo (Michele Morrone) chefe de uma máfia. Massimo viu o rosto de Laura quando seu coração parou de bater, quando ele encontra a mulher cujo rosto o atormentou pelos últimos cinco anos decide sequestrá-la e então diz que ela tem 365 dias para se apaixonar por ele, caso não aconteça ele irá libertá-la.

A premissa do filme é um rolê bem errado, eu entendo, mas o pior de tudo é que mesmo sabendo que o nome poderia muito bem ser A Síndrome de Estocolmo é bizarro como acabei envolvido pela história e torcendo pelo casal (já me julguei muito aqui por conta este motivo, não precisa fazer isso também).

Um ponto totalmente a favor desse filme é a química que rola entre os atores! Gente é um coisa realmente louca e pega fogo mesmo!!! O que realmente gostei é que Laura é uma mulher muito forte que curte mesmo provocar o Massimo e às vezes até pensei “mana, cê num tá bem da cabeça, né?”. Além disso as cenas de sexo são bem explícitas e muito bem feitas.

E essas foram as minhas dicas para vocês! Amanhã é dia dos namorados, estando ou não acompanhada eu sempre adoro assistir uns filmezinhos que tenham a ver com a data. Já separei a minha pipoca e vocês?

Jéssica

Tags: ,

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

4 Comentários

  • Avatar
    Lucy
    junho 23, 2020

    Oi, Jéssica!
    Dos filmes que vc mencionou eu já assisti Por Lugares Incríveis e amei! Quero assistir O inferno de Gabriel, mas não tenho Passionflix, vou dar uma olhada… Já esse último, eu estou na corda bamba, porque acho que vou amar odiar ou odiar amar ele. Dureza, viu?
    bjos
    Lucy – Por essas páginas

  • Avatar
    Luna
    junho 18, 2020

    Amei as dicas!!!

    Ricos de Amor eu já assisti e achei bem fofinho. Também vi 365 dias, embora não curta muito romance erótico. Mas as pessoas estavam falando tanto dessa história que me deixei levar pela curiosidade. Achei o filme interessante em alguns momentos, mas nada além disso. Sei que ele está provocando muita polêmica.

    Um que preciso muito assistir e logo é En Brazos de un Asesino! Só pelo William Levy!kkkkkkkk

  • Avatar
    Elder Koldney
    junho 15, 2020

    Amooooooor.
    De todos os filmes dessa lista o único que eu assisti foi Hoje eu Quero Voltar Sozinho. Livro lindo, singelo, que trata assuntos importantes de forma bem interessante. Posso dizer lindamente que é um dos meus filmes LGBTQIA+ favoritos da vida juntamente som Shelter.
    Os outros eu só já ouvi falar. Preciso ver Ricos de Amor, porque já tem post aqui no site, e também O Mau Exemplo de Cameron Post, mas quero ler o livro primeiro, assim como quero ler Por Lugares Incríveis antes de ver o filme que todos dizem ser muito bom. Já o 365 eu vou guardar pra um momento onde eu tiver com mais paciência pra passa raiva, porque só pelo pouco que conheço eu sei que vou.
    Adorei o post e as dicas.
    Beeijos. <3

  • Avatar
    Ivi Campos
    junho 15, 2020

    Ricos de Amor, Amei. Por Lugares Incríveis, fiquei desapontadíssima e acho meio bad pro dia dos namorados… rs Os outros que eu não vi, o que mais quero ver o Nos Braços do Assassino porque adoro o ator principal!!!
    Amei as dicas!!!