Posts arquivados em Tag: Editora Senhor da Lenda

11 abr, 2019

[RESENHA] Filhos do Acordo #3: Ithori

Oii seus lindos, desta vez eu não demorei tanto (menos de um ano é pouco como percebemos anteriormente) e trouxe para vocês a resenha de Ithori, terceiro volume da série Filhos do Acordo, da nossa parceira Thais Lopes. Juro que vou tentar falar sem muitos spoilers sobre a história em geral, mas pode ser que eventualmente algo escape, porque tanto o Ithori quanto a Suelen são velhos conhecidos das obras anteriores, mas sem prolongar demais, vamos ao que realmente interessa né?

Continue lendo

07 fev, 2019

[RESENHA] Filhos do Acordo #2.5: Sobre Rhergai

Oiii seus lindos, hoje vim falar para vocês um pouquinho sobre um conto maravilhoso de Filhos do Acordo, Sobre Rhergai é um conto que gira em torno de uma promessa realizada em Dairus, então vocês precisam ler o livro dois para poder entender este aqui. Sem mais delongas, vamos ao que eu achei da história.

Continue lendo

22 jan, 2019

[RESENHA] Filhos do Acordo #2: Dairus

Oiii seus lindos, hoje vamos falar um pouquinho sobre Dairus, segundo livro da série Filhos do Acordo, da nossa parceira Thais Lopes. E para ser bem honesta com vocês (já começamos assim para dar um tom de drama pra situação) eu não sei porque demorei tanto tempo para ler este livro, mas sei que se vocês forem pegar para ler, que seja em um período de férias, ou um fim de semana que vocês tirem para a leitura, ou seja, peguem nestes livros quando vocês puderem ler desesperadamente e não largar mais! Então se quiserem saber o que eu achei da história é só continuar lendo, mas já aviso que está resenha contém alguns SPOILERS do primeiro livro.

Continue lendo

01 fev, 2018

[RESENHA] Filhos do Acordo #1: Kernos


Oiii seus lindos, hoje vamos
falar um pouquinho sobre Kernos, o primeiro livro de Filhos do Acordo da Thais
Lopes, que foi nossa autora do mês de Janeiro (se não sabe do que eu estou
falando é só clicar AQUI) e hoje venho contar o que eu achei desta história com
aliens, humanos e um mundo novo total e completamente envolvente, então borá lá
conferir um pouco mais sobre isto.

Gabriela é uma garota com uma
imaginação hiperativa, ou seja, ela é capaz de imaginar as teorias mais
absurdas, mas nem mesmo sua imaginação poderia imaginar que ela um dia seria:
abduzida e colocada a venda em um mercado de mulheres terráqueas, e
principalmente que ela era uma encomenda especial. Mas apesar de toda
incredulidade Gabi só consegue pensar em uma coisa: fugir e voltar para a
terra.


Mas nada é tão simples,
principalmente quando ela está em outro planeta. Seu comprador é sua única chance
de continuar viva e de conseguir voltar para casa. Kernos parece um guerreiro e
não age como alguém que compraria mulheres humanas. Na verdade, ele parece ser
uma das poucas “pessoas” tentando fechar os mercados. E a química entre eles é
algo que Gabriela nunca imaginou que fosse possível existir.

O único caminho para Gabi é
ajudar Kernos a derrubar pelo menos um dos financiadores dos mercados de
mulheres, ao mesmo tempo em que tenta descobrir por que sua abdução foi uma
encomenda especial. 
Mas com aquela atração
inexplicável se tornando cada vez mais forte e um novo mundo se abrindo diante
dos seus olhos, voltar para casa começa a não ser tão tentador assim…

Gente este é o primeiro livro da
Thais que tem uma pegada erótica mais explicita, mas não pensem que é o foco da
história, porque não é, só é um elemento importante e que tem uma justificativa
muito interessante.

O problema central da história
(que é o trafico de mulheres) foi muito bem trabalhado, de forma que com no máximo
dois dias terminei o livro, porque simplesmente não tem como largar a história
sem saber o que vai acontecer a seguir, o que a Gabi vai descobrir, o que o
Kernos vai fazer, é enlouquecedor demais para deixar o próximo capítulo para
depois.

Os personagens são muito
cativantes e de cara eu já amei a Gabi porque ela é louca e não se faz de
normal, ela sabe o potencial de sua imaginação e não tem o menor problema de
demonstrar, em contra partida ela é muito fria para lidar com as situações de pânico,
o que mostra dois pontos fortes de uma mesma moeda e, por consequência, isso me deixou muito
encantada por ela.

Kernos é não é só “mais um”, ele é outro caso de amor que acabei desenvolvendo enquanto lia mais um livro que a Thais trouxe para a minha vida. Confesso que no início eu achei ele bem estranho,
mas aos poucos ele foi me conquistando com aquele jeito de comandante do
exército e em certo ponto da leitura já estava tão apaixonada por ele quanto é possível (então obrigada Thais!).

A história tem muitas
referências a Star Wars, o que é muito a cara da Thais (tem referencias em
Sentinela também!
) e me fez procurar no Dr. Google o que cada uma delas significava
(pasmem: nunca assisti Star Wars!), mas em momento nenhum eu me perdi na
leitura por causa destas referências, então quem é do meu grupo e nunca
assistiu está serie de filmes tão aclamada pode ler Kernos tranquilamente, porque não há
perda nenhuma da história.

Quanto a edição é uma relação
de amor a parte, porque as capas dos livros da Thais são sempre maravilhosas e
apaixonantes, a diagramação é muito linda com detalhes planetários em cada
início de capítulo (para ver mais passe no nosso instagram e veja o histórico de leitura. Basta clicar AQUI pra conferir!), com folhas amareladas e as letras em tamanho
ótimo, o que também ajudou para fluir a leitura.

Enfim foi mais um livro que me
deixou apaixonada, que me deixou mais encantada ainda pelo trabalho da autora e
pela escrita cativante dela, é uma história que vale muito a pena conhecer,
então juntem-se ao time e venham conhecer um pouquinho sobre O Acordo 😉












Título: Kernos | Série: Filhos do Acordo| Páginas: 237
Autora: Thais Lopes  | Editora: Senhor da Lenda
26 jul, 2017

[RESENHA] Especial Nacionais: Crônicas de Táiran #2: Vigilante



Oii seus lindos, dando
sequencia nossa
Semana dos Nacionais que esta incrível! (você pode conferir os primeiros posts clicando AQUI) hoje a resenha é de Vigilante, da nossa parceira
Thais Lopes, e vou dizer para vocês que tive uma dificuldade enorme com esse livro. Primeiro
pra largar o livro e segundo pra escrever esta resenha sem falar de mais.
Tentarei ao máximo não dar spoiler de
Sentinela (primeiro livro da série), mas
infelizmente alguns vão ter que passar para que eu possa explicar o contexto,
então vamos ao que interessa!




A primeira coisa que precisam
saber é que Vigilante se passa 20 anos depois de Sentinela (vocês podem conferir a resenha AQUI), anos depois da batalha contra os guerrilheiros airenis e embora o tempo tenha passado, algumas
coisas não estão assim tão diferentes como se gostaria..

Agora a história é
contada por Ezi a mercenária que aprendeu cedo que precisava se esconder se
quisesse sobreviver naquele mundo, mas acima de tudo, ela deveria se esconder dos Guardiões,
pois se eles soubessem quem era, ou do que era capaz as coisas não ficariam
boas para o seu lado. Porém a batalha contra os guerrilheiros tinha destruído anos de
cuidado e agora Ezi precisa se esconder para que a Ordem não enviasse alguém até
ela para selar seu destino como fizeram com seus pais.

Depois de vários anos se
escondendo para se manter a salvo, Ezi vê esta sua segurança acabar quando o Arqui-Guardião Ziderrenoh
(ou Zid para os íntimos) chega à vila onde ela mora trazendo
um aviso enigmático. E aí Ezi precisa decidir o que é
mais importante: sobreviver ou assumir uma herança que certamente colocará sua
vida em risco?

Pense em um livro incrível?
Agora multipliquem por quatrocentos e você tem Vigilante! Sério eu tinha ficado apaixonada por Sentinela e não sabia bem o
que esperar da sua sequência, embora ainda aguardasse coisas boas não podia imaginar que a história fosse dar um salto de vinte anos para o futuro, e como eu sou boba e inocente e não
consigo compreender a mente insana da Thais, acabei ficando completamente apaixonada.

A maneira como a história do
primeiro e do segundo livro foram entrelaçadas, abriu um mundo de possibilidades para a história que eu não sou nem capaz de imaginar. Vigilante segue um tempo tão perfeito que foi impossível largar o
livro para fazer qualquer coisa, fiquei com aquela sensação de que em pouco tempo aconteceria algo importante o que torna deixar a leitura de lado (mesmo que por pouco tempo!) uma tarefa dificílima.

As personagens que aparecem
aqui são como sempre muito bem escritas, algumas são velhas conhecidas, pois
estavam na história de Sentinela, como a Ezi, o Zid, os mercenários e alguns
guardiões, mas alguns são completamente novos e igualmente apaixonantes. Não
vou falar sobre cada um dos personagens separadamente, porque se não a resenha
vai ficar imensa e posso acabar falando mais do que deveria, então vou
contar porque me apaixonei por alguns especificamente.

Tenho esse péssimo habito de me apaixonar pelos personagens
principais e aqui não foi diferente. Eu me apaixonei pela Ezi e a força que ela
tem para equilibrar as coisas e fazer aquilo que ela acredita ser o certo, mas
me incomodou um pouco com a maneira com a qual a protagonista se adaptou a seguir ordens
sem questionar nada, e mesmo este meu incomodo foi superado porque consegui acompanhar a evolução da personagem e a maneira como encontra uma força em si mesma que ela nem imaginava que tinha e isso me encantou.

O Zid foi pelo mesmo princípio
da Ezi, mas a questão dele era ser autoritário e rígido de mais (como todos os
guardiões
), e aos poucos ele vai se descobrindo e deixando que a Ezi veja
quem ele realmente é, tornando impossível não se apaixonar. E a
outra personagem que me encantou verdadeiramente nesta história foi a Thria que
é aquela amiga que fica na dela até certo ponto, mas que é completamente admirável!

Em Vigilante nós iremos
mergulhar mais afundo na história de Ionessen e descobrir muito do que veio
antes deste tempo, o que tornou clara, para mim, várias situações e os motivos para
alguns conflitos. Não consigo achar um ponto falho na história ou algo que
tenha deixado a desejar, porque seguindo o ritmo que foi do primeiro para o segundo
livro, eu acredito que as dúvidas que ficaram em aberto vão ser solucionadas
nos próximos volumes.

Caso vocês queiram adquirir os
livros das Crônicas vocês basta 
CLICAR AQUI, e se não conhecem a
história recomendo fortemente que vocês mudem isso o quanto antes porque não se pode passar
uma vida sem conhecer a história de Táiran!

Título: Vigilante | Série: Crônicas de Táiran | Páginas: 345 Autor(a): Thais Lopes | Editora: Senhor da Lenda