Posts arquivados em Tag: Editora Universo dos Livros

07 out, 2019

[LEITURA COLETIVA] #LendoStepsister + Sorteio

Oi meus amores! Como vocês estão? Hoje vim falar sobre a nossa primeira leitura coletiva (eu estou tão emocionada!) e explicar tudo nos mínimos detalhes sobre como a Fabi do Um Jardim Literário e eu organizamos tudo para a leitura de Stepsister da Jennifer Donnelly lançamento da Universo dos Livros. Então continue lendo esse post e saiba os detalhes!

Continue lendo

04 out, 2019

[RESENHA] Descendentes #3

Oii seus lindos, hoje vim conversar com vocês em definitivo sobre o terceiro livro de Descendentes, da Disney, que foi lançado por aqui pela maravilhosa Universo dos Livros, que cada dia mais vem trazendo livros do mundo Disney para nos arrebatar completamente. Então sem mais delongas, bora conferir o que eu achei deste livro lindo.

Continue lendo

13 set, 2019

[RESENHA] A Madona E A Vênus

Oii seus lindos, hoje vim falar um pouquinho para vocês sobre A Madona e a Vênus, da Catarina Muniz e lançado pela maravilhosa Universo dos Livros. Eu fiquei muito curiosa sobre a história assim que eles divulgaram para os parceiros e mais do que depressa pedi para poder conferir e hoje vim contar para vocês um pouquinho do misto de emoções que senti ao ler esta obra.

Continue lendo

09 ago, 2018

[RESENHA] Irmãos McCabe #1: Atraída Por Um Hughlander

26 jul, 2018

[RESENHA] Engano Irresistível

Oiii seus lindos, hoje eu vim contar para vocês sobre este livro que me arrebatou de jeito como uma obra não faz há muito tempo, este livro que eu li em um dia e meio e que me ganhou completamente! Engano Irresistível, lançamento da Universo dos Livros, e que já tinha me conquistado só por está capa linda, mas o que eu descobri nas páginas realmente ganhou meu coração! Então bora lá conferir o motivo de todo este amor.

Continue lendo

05 abr, 2018

[RESENHA] A Lady De Lyon

Oiiii seus lindos, hoje vou falar para vocês de um livro que desde que a Universo dos Livros anunciou o lançamento eu estava querendo ler, mas que quando chegou aqui em casa me assustei com o tamanho, o queridinho de hoje é Lady de Lyon e fico feliz em dizer que todo esta imensidão de páginas valeu muito a pena.

Continue lendo

20 mar, 2018

[RESENHA] Irmãos McCabe #3: Apaixonada Por Um Highlander

Apaixonada Por Um Highlander e o lançamento de fevereiro da Universo dos Livros que fecha a trilogia McCabe da Maya Banks e um livro que “me pegou de jeito”.

Continue lendo

14 dez, 2017

[RESENHA] Os Cárpatos #1: Príncipe Sombrio


Oiiii seus lindos, hoje vim
falar um pouquinho para vocês de Príncipe Sombrio, o primeiro volume da série Os
Cárpatos
que tem vinte seislivros lançados nos EUA (não, vocês não leram errado, são
VINTE E SEIS livros lançados lá fora!
) e que ainda não tem uma previsão de término, motivo pelo qual a
Universo dos Livros recentemente decidiu parar de publicar a serie aqui no Brasil este ano
(veja a notícia aqui). Por esse motivo decidi trazer para vocês um
pouquinho desta história que me encantou a algum tempo, só porque eu preciso
mesmo partilhar meu sofrimento.




O Príncipe dos Cárpatos é Mikhail
Dubrinksy líder de uma sábia e secreta raça ancestral que vive na noite (aquela
raça famosa, conhecida por nós como vampiros
). Está raça sempre encontra em
algum momento a companheira(o) o que nunca aconteceu com o nosso príncipe o conhecemos quando o mesmo está com medo de nunca encontrar a companheira que
iria salvá-lo da escuridão, a alma de Mikhail gritava na solidão.

Até o dia que uma voz repleta
de luz o alcança, diminuindo sua dor e o anseio de sua alma. Raven Whitney
possui poderes telepáticos (se você ligou o nome e os poderes telepáticos à
série da Dysney As Visões da Raven, bem vindo ao clube!
) e os utiliza para
capturar os mais depravados serial-killers. Desde o momento que se conheceram,
Raven e Mikhail foram incapazes de resistir ao desejo que faiscava entre eles.
Mas forças sombrias tentarão destruir esse frágil amor.

Eu preciso dizer que eu me apaixonei
por esta história por ser uma visão nova e totalmente diferente de vampiros ( mas não tão
diferentes a ponto de parecer um globo de luzes
), de uma maneira que eu ainda
não tinha visto. Os Cárpatos não são propriamente vampiros, eles estão vivos,
mas sua existência depende de uma companheira(o) que o fará sentir e ver cores
novamente, é como se sem uma “alma gêmea” a mente deles definhasse e levasse o
corpo junto.

No desespero os machos da espécie
começam a oferecer suas almas, que no caso é se alimentarem até matar a pessoa
da qual se alimentam e viver um frenezi que podia ser sentido até algum tempo
depois do assassinato, tornando-se assim mortos vivos (aí sim os temos os vampiros
loucos sugadores de sangue
), o que levou a raça quase a extinção, aqueles que se
mantem fortes o fazem unicamente com base nas memorias e no senso de honra que
os acompanham por séculos.

Entendi bem o conceito da
história e a maneira como as almas de Mikhail e Raven estavam já predestinadas
a se ligarem, mas ainda assim o “amor à primeira vista” me incomodou um pouco,
não o suficiente para atrapalhar todo o enredo, mas é que esse tipo de construção sempre me deixa um pouco frustrada porque é o jeito mais fácil do autor construir um romance dentro do seu livro. 

Gente a história é incrível,
com um trama bem trabalhada e rica em detalhes, é um livro com um fundo erótico sim, porque afinal de contas primeiramente eles sentem o desejo um pelo outro,
mas para ser bem sincera é um ponto que não tem tanta relevância assim, não é o
foco, o ponto principal é que Raven é uma luz no fim do túnel não só para Mikhail, mas para a raça inteira.

Como as mulheres são muito
escassas (motivo principal para a raça estar entrando em extinção!) as poucas
restantes não conseguem levar uma gravidez até o fim (sim às fêmeas engravidam
aqui, afinal eles não estão mortos!
) o que gera toda a confusão na espécie. Quando a Raven surge é uma chama
de esperança pra todo mundo, porque em uma raça onde nem o líder conseguia
ligar sua alma a uma companheira quem mais vai conseguir, né?

Assim a personagem da um rumo
novo para espécie, mas obviamente não sem enfrentar inúmeras turbulências e
situações desesperadoras que ela nunca poderia imaginar (algumas dela nem eu
mesma consegui imaginar durante a leitura!
). Não vou contar muito sobre a trama
pra não correr o risco de soltar algum spoiler, mas é uma narrativa muito
rica em detalhes, que cativa e faz a gente querer desesperadamente ler as
sequências para saber até onde a trama inimiga vai e como eles vão solucionar
as coisas, é ai onde entra o problema de a editora não publicar mais aqui no
Brasil, mas paciência vamos dar um jeito de ler no original mesmo já que não tem outra opção

A edição da Universo dos Livros é bem confortável
de ler, com folhas amareladas e uma diagramação simples e bonita ao mesmo
tempo, a capa é legal, não achei nada de mais, mas eles lançaram uma nova capa
em 2014 onde é possível ver o rosto do modelo por completo (a minha edição é de
2011), mas acredito que seja a única modificação entre as edições.

De uma forma geral é um livro
muito tranquilo de ler e com uma trama muito interessante que eu acredito que
todo mundo deva ler em algum momento, só para ter mais um “tipo” de vampiro no
repertório.









Título: Príncipe Sombrio | Série: Os Cárpatos | Páginas: 461Autor(a): Christine Feehan |Tradutor(a):  Alyne Azuma| Editora: Universo dos Livros

16 nov, 2017

[RESENHA] Irresistível #1.5: Cretina Irresistível


Oii seus lindos, hoje vim
contar para vocês um pouquinho sobre Cretina Irresistível, um sppin off de Cretino Irresistível (que
vocês podem conferir a resenha AQUI) e tem basicamente o intuito de mostrar
que o Bennett também acha a Chloe uma cretina, para quem ainda não leu Cretino Irresistível
já aviso: ESTÁ RESENHA CONTÉM SPOILERS.




Aqui a história se inicia
depois que Chloe e Bennett já estão juntos, mas com a carreira de Chloe
decolando e uma nova mudança na empresa Ryan, os dois quase não tem tempo para
ficarem juntos, e quando ficam o resultado é aquela explosão de paixão e
sensualidade que já conhecemos e já esperamos que aconteça entre os dois.

O maior ponto aqui é: Bennett
quer um tempo a sós com Chloe para poderem aproveitar desse amor que foi tão difícil
colocar nos eixos, então logo quando ela está no seu momento mais corrido, onde
a carreira começa a dar certo ele, que nunca aceita não como resposta e como
bom cretino que é, decide que os dois precisam fazer uma viagem e ficarem a
sós. Ela como um exemplo de cretina, não quer ceder e se nega a afastar um
pouco do trabalho.

E assim se desenrola essa
história que nos faz matar a saudades do casal mais cretino e mais apaixonante
que já conhecemos, e deixa o maior questionamento: será que eles vão conseguir
um tempo só para eles quando nenhum dos dois quer ceder?

Eu sou uma grande suspeita para
falar sobre essa série, e tudo isso porque eu realmente sou apaixonada por
estes livros (vocês podem conferir nas resenhas dos outros volumes AQUI) e
apesar de ser um livro hot cheiooo de clichês, é uma história que envolve, e
que mesmo que a gente espere  o que está por vir, nos vemos vidrados em
terminar a leitura e descobrir se realmente o desenrolar vai ser aquele.

Cretina Irresistível é um livro
bem curtinho, um dos menores da série (até porque é só pra matar a saudades
mesmo, não é uma nova história que se desenrola) então é bem rapidinho de ler.
Pra que curtiu a série e sente saudades do primeiro casal este volume é
realmente muito bom,  não é aquela leitura
obrigatória e nem é igual aos outros que nos fazem querer
descobrir como os personagens vão se resolver, mas é uma leitura leve e bacana
que serve pra deixar a gente mais próximo daqueles personagens que já tiveram suas
histórias contadas.

A edição tá muito linda, com
uma capa legal e que não é escandalosa (não gosto de livros com capas muito
apelativas, como já contei para vocês AQUI), com folhas amareladas e uma
diagramação muito fofa e com os capítulos que se intercalam entre os
personagens principais (que é uma característica dessa serie).

Enfim é um livro que eu
recomendo pra quem gosta da série e para quem está a procura de uma leitura rápida
e fluida.
Título: Cretina Irresistível | Série: Irresistível | Páginas: 119Autor(a): Christina Lauren  Tradutor(a):  Felipe CF Vieira | Editora: Universo dos Livros
21 set, 2017

[RESENHA] Irresistível #3:Playboy Irresistível


Oiiii seus lindos, hoje nos iremos falar um pouquinho sobre o terceiro livro da Série Irresistível: Playboy Irresistível, que vai nos contar a história de Will e Hanna e que com toda certeza é a menina dos meus olhos da série, e porque? Porque de todos é a melhor história, é um sentimento que não é instantâneo ele se desenvolve por muito tempo (principalmente no caso de Hanna) e de uma maneira geral o Will é perfeito em todos os seus defeitos. Mas agora chega de derramar minha paixão pra cima de vocês e vamos falar do que interessa né?




Quando Hanna Bergstrom escutou de seu irmão que ela precisava ter uma vida social e se libertar um pouco da faculdade(porque ela é a clássica nerd, rato de biblioteca rs), ela jurou que iria cumprir essa tarefa: sair mais, fazer amigos, começar a namorar… E quem melhor para transformá-la na garota dos sonhos de todo homem do que o lindo melhor amigo de seu irmão, o investidor e playboy assumido Will Sumner? Will ganha a vida assumindo riscos, mas a princípio ele não bota fé na transformação daquela garota desajeitada (pra não dizer que ele achava IMPOSSÍVEL socorrer Hanna, mas isto foi só antes de ele conhecê-la…)… Até que numa noite selvagem, sua inocente pupila o seduz e acaba ensinando uma lição sobre o que é ficar com uma garota ardente e… inesquecível. Agora que Hanna descobriu o poder de seu próprio sex appeal, resta a Will provar que ele é o único homem que ela precisa.


Eu sou simplesmente apaixonada por esta história e porque? Porque embora Will não se lembre de Hanna ele a conhece a 12 anos (isto mesmo minha gente, ele conheceu ela quando ela era uma pirralha) e desde então ele é o Chrush da nossa menina, só que ele não esperava encontrar uma mulher linda e bem formada quando aceitou ajuda-la.

Quando o irmão de Hanna avisa a Will que ela irá procurá-lo para aprender a socializar, e conta como a irmã vive (enclausurada em um laboratório só estudando e trabalhando), Will acha que ela é feia e não tem uma vida social por isto (preconceituoso? Eu sei gente), mas quando a pequena Hanna o encontra no parque, ele percebe que ela é tudo o que ele não esperava: linda, inocente e inteligente de mais. 

A história deles começa com uma amizade, em que Will tem a função de ajudar Hanna a sair mais e arrumar alguém, uma vez que ele não se lembra muito bem da garota quando ela nova, e ela tem dele uma visão de que ele é O pegador que não da pra ser levado a serio (não da pra julgar gente, ela cresceu vendo ele agira assim, então é preciso dar um desconto pra garota rs).  Mas eles não se envolvem de imediato, eles criam uma amizade (talvez meio estranha, eu sei, mas ainda assim é uma amizade) e a paixão vai se desenvolvendo, a atração entre eles começa a falar mais alto do que os medos (principalmente por ele ser o melhor amigo do irmão dela) e ai eles começam a se envolver aos poucos. 

O livro é hot (obviamente porque a serie toda é rs), mas eu achei tão legal a maneira como eles se relacionam, ele se conhecem, não só de uma maneira intelectual e tal, eles vão conhecendo o corpo um do outro, falando o que gostam e o que pode ser tentado, é meio como se estivessem iniciando a vida sexual deles e eu acho isso interessante de mais.

E por diversos motivos eu me apaixonei mais por este livro do que pelos outros (eu também os amo ok? Bennet meu amor não sinta ciumes.), porque a história é meio que uma trajetória, a gente consegue acompanhar o desenvolvimento deles e o momento em que Hanna deixa de ser uma menina inocente para se tornar uma mulher, e que Will percebe que talvez ele precise assumir o maior risco de sua vida. 

Título: Playboy Irresistível | Série: Irresistível | Páginas: 355
Autor(a): Christina Lauren | Editora: Universo dos Livros