Posts arquivados em Tag: Os Hathaways

27 fev, 2019

[RESENHA] Os Hathaways #5 Paixão Ao Entardecer

Oiii gente, chegou o dia de eu contar para vocês sobre o livro que eu estava super ansiosa para ler, o quinto volume da série Os Hathaways, da maravilhosa Lisa Kleypas, lançado pela Arqueiro. Continue lendo para conferir essa história incrível. 

Continue lendo

30 jan, 2019

[RESENHA] Os Hathaways #4 Manhã de Núpcias

17 out, 2018

[RESENHA] Os Hathaways #3: Tentação Ao Pôr Do Sol

Oiii gente, hoje eu vim contar para vocês sobre o terceiro livro da série Os Hathaways, Tentação Ao Por Do Sol, escrito pela Lisa Kleypas, e lançado há alguns anos pela Editora Arqueiro. Já postei as resenhas dos livros anteriores. Se quiser saber mais sobre essa obra, continue lendo.

Continue lendo

08 ago, 2018

[RESENHA] Os Hathaways #2: Sedução Ao Amanhecer

Oiii gente, hoje eu vim falar com vocês sobre o livro Sedução ao Amanhecer, o segundo livro da série Os Hathaways, da autora Lisa Kleypas, lançado pela Editora Arqueiro. Para saber minha opinião, continue lendo. 

Continue lendo

04 jul, 2018

[RESENHA] Os Hathaways #1: Desejo À Meia-Noite


Oii gente, meu nome é Mirelly e sou a nova resenhista do Paraíso Literário, se quiser saber mais sobre mim é só clicar aqui! Hoje eu vim falar para vocês sobre o primeiro volume da série Os HathawaysDesejo à Meia-Noite, da Lisa Kleypas e lançado pela Editora Arqueiro.
Amelia Hathaway é a segunda filha mais velha de cinco
irmãos, aos quais se dedica dia e noite desde a morte de seus pais, uma tarefa fatigante,
pois seu irmão mais velho, Leo, passou por uma drástica mudança e começou a se
meter em brigas e a desperdiçar o casto dinheiro herdado pelo título com jogos,
bebidas e mulheres.

Os sumiços repentinos de Leo rendem várias buscas pela
cidade, feitas por Amelia e Merripen, um cigano que foi salvo pelos pais da jovem e que mora com a família desde então. Em uma dessas buscas, ela conhece
Cam Rohan, um Rom, metade cigano e metade irlandês, que trabalha em um clube de
jogos. Após sofrer uma decepção amorosa, Amelia perdeu as esperanças de
encontrar um amor e se casar, mas ela não consegue esconder a atração que sente
pelo rom misterioso.

Cam, por sua vez, está cansado de sua vida de gadje, palavra
que se refere às pessoas fora de suas raízes ciganas, nada mais o satisfaz,
nenhuma mulher, nenhum lugar, ele não consegue mais viver sobre um só teto e
nada parece deixá-lo feliz, mas quando vê Amelia, isso logo começa a mudar, e
ele passa a ter sentimentos nunca antes sentidos por qualquer mulher.

Com preocupação demasiada na família, Amelia fica aliviada só
de pensar que nunca mais voltará a ver Cam. Quando ela se muda com a família
para uma nova propriedade em Hampshire, pensando que as coisas iriam finalmente
tomar o rumo desejado, a jovem não poderia imaginar que esbarraria com aquele homem perturbador, que
está hospedado na casa do conde de Westcliff, cuja mansão é perto da
propriedade dos Hathaways.

Gente, eu fiquei tão empolgada quando descobri que esse
livro era do Cam, porque ele foi um dos meus personagens preferidos em Pecados
no Inverno, terceiro livro da série As Quatro Estações do Amor, inclusive na época que estava lendo esses livros fiquei muito triste quando peguei o quarto volume da coleção e vi
que não tinha nem vestígios dele. Fiquei muito confortável com esta obra pelo
fato de o cenário e de alguns personagens serem os mesmos dessa outra série da Lisa (que eu simplesmente amei!).

Mas confesso que senti uma certa decepção em relação a esse
livro, eu achei a historia bem fraca, a Lisa poderia ter explorado mais os dois
lados do Cam (cigano e irlandês!), acho que daria um up na história. Os capítulos se focaram muito na Amelia, o tempo
todo ela arrumava um novo problema, os sumiços do Leo eram muito cansativos e
frequentes, parecia que a autora não tinha mais história para escrever.

A Amelia começa o livro como uma mulher decidida e pronta
para se sacrificar pela família, mas ao longo do livro, o orgulho dela foi me
cansando, nada nunca estava bom para a personagem. O tempo todo ela recusava as
investidas de Cam, que estava disposto a tudo para agradá-la, em alguns
momentos ela parecia envergonhada do relacionamento com ele (o que eu entendo, por
ele ser cigano e não ser bem aceito na sociedade londrina
), mas mesmo
entendendo, isso me fez gostar menos da história.

O Cam é o meu personagem preferido no livro, ele tem um dos
melhores sensos de humor do mundo, é sagaz e sempre tem uma resposta pronta para
tudo. Acho que o que mais me cativa nele é o fato de prezar tanto as suas raízes e a sua liberdade, uma construção bem diferente da maioria dos mocinhos de romances de época.

O romance do Cam com a Amelia começa muito divertido e apaixonante,
o Cam sempre tem brincadeiras para estressá-la, é incrível, mas depois de um
tempo, começa a esfriar em questão de sentimentos, e deixa o romance meio
fútil o que sem dúvida nenhuma me decepcionou muito.

O que deixou o livro
divertido foram os personagens ao redor de Amelia, como a irmã mais nova dela,
Beatrix, rendeu boas risadas a mim, com todas as suas brincadeiras e piadas,
tiveram cenas em que eu me diverti e me senti novamente apaixonada com o Marcus
e a Lilian, o romance deles citado no livro, que foi bem pouco, me pareceu bem
mais instigante do que todo o romance do Cam e da Amelia.

Merripen foi outro personagem que me interessou bastante,
ele também é cigano, tem uma história bem incomum e é exatamente o oposto de Cam, sendo bem mais
calado e na dele, o homem tem um senso de lealdade incrível com a família Hathaway, então espero um livro sobre ele também.



A arte da capa é maravilhosa, uma das capas mais lindas da minha estante, é uma pena que eu não tenha gostado tanto da história. A diagramação é bem simples e as folhas desta edição são amareladas, o que facilita muito que a leitura flua de uma maneira melhor. Espero que os outros livros da serie se mostrem melhores, estou louca para ler o livro do Merripen e da Beatrix.

Sempre achei a escrita da autora muito cativante, mas nesse
livro, me cansou, tiveram capítulos muito superficiais, alguns problemas foram
muito mal resolvidos, cheguei a ter que ler o capítulo outra vez para tentar
entender o que estava acontecendo, achei a história cheia de buracos.

Título: Desejo À Meia-Noite  Série: Os Hathaways Páginas: 272 | Autora: Lisa Kleypas  

Tradutora:  Livia de Almeida  | Editora: Arqueiro | Ano: 2013


SÉRIES DA AUTORA

OS HATHAWAYS
Desejo À Meia-Noite  | Sedução Ao Amanhecer | Casamento Hathaway | Tentação Ao Pôr Do Sol | Manhã De Núpcias | Paixão Ao Entardecer 

AS QUATRO ESTAÇÕES DO AMOR
Segredos De Uma Noite De Verão  | Era Uma Vez No Inverno | Pecados No Inverno 
Escândalos Na Primavera | Uma Noite Inesquecível | Paixão Ao Entardecer 

THE TRAVIS FAMILY
A Protegida  | A Redenção | A BuscaBrown-Eyed Girl (ainda não publicado aqui)